A força do Tigre no Majestoso | TN Sul

0

Tiago Monte

Criciúma

A vitória do Tricolor Carvoeiro sobre o Sampaio Corrêa, no sábado, foi a de número 12 como mandante na Série B deste ano. Em 17 jogos, até o momento, a equipe empatou uma e perdeu apenas quatro vezes. São 25 gols marcados e apenas 11 sofridos em um saldo positivo de 14 gols. Restam ainda duas partidas para o Criciúma como dono da casa: ABC, na terça-feira, dia 7, e Botafogo-SP em data ainda a ser confirmada. Para chegar ao acesso à Série A de 2024, será fundamental manter a força dentro de casa.

Como mandante, o Tigre é terceiro colocado da Série B com 37 pontos somados em 51 disputados. O Vitória lidera a competição, também nesse aspecto, com 41 pontos e o Sport vem logo a seguir com 39 pontos.  No estádio Heriberto Hülse, o Criciúma só não bateu o Guarani (empate em 1 a 1), além de ter perdido para Chapecoense (1 x 2), Novorizontino (0 x 1), Juventude (0 x 1) e Ceará (1 x 2).

O placar mais extenso, como mandante na Série B deste ano, foram os 3 a 0 contra Atlético-GO e o próprio Sampaio Corrêa, no último sábado. Os resultados de 1 a 0 e 2 a 1 foram os que mais aconteceram (quatro vezes cada).

Com uma média de 13.701 torcedores por partida, nas 17 partidas em casa pela Série B, a força das arquibancadas é um ponto decisivo, a favor do Tigre, no Majestoso. “Exaltar a presença do torcedor. Pedimos, logo após o jogo contra o CRB, a presença em massa da nossa torcida para nos incentivar, para nos apoiar. Citamos esse movimento, o torcedor abraçou, veio, então, é importante isso, porque, nessa reta final, precisamos de toda energia possível e o torcedor passa essa energia pra nós”, comentou o técnico Cláudio Tencati, após a vitória de sábado diante do Sampaio Corrêa.

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.