Campanha Outubro Verde alerta para prevenção e combate à Sífilis | TN Sul

0

O mês de outubro, além de ser conhecido, nacionalmente, como o período do ano dedicado a chamar a atenção sobre os cuidados com a saúde da mulher, também é o mês estabelecido para alertar sobre a prevenção e combate à Sífilis. Uma infecção bacteriana sistêmica, que, quando não tratada, evolui para estágios de gravidade variada, podendo acometer diversos órgãos e sistemas do corpo.

“As consequências mais agressivas da doença são identificadas na gestação. A Sífilis pode apresentar consequências severas, como abortamento, prematuridade, natimortalidade, manifestações congênitas precoces ou tardias e até mesmo a morte do recém-nascido”, alerta a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Saiane Steinback.

A testagem e acompanhamento das gestantes e parcerias sexuais durante o pré-natal contribui para o controle da sífilis congênita. A maioria das pessoas com sífilis são assintomáticas e quando apresentam sinais e sintomas, muitas vezes não os percebem ou não os valorizam, e podem, sem saber, transmitir a infecção durante a relação sexual. Por se tratar de uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST), o uso correto e regular de preservativos é a medida mais importante de prevenção da Sífilis.

15 de outubro é a data nacional de conscientização sobre a doença, no entanto, as ações pontuais nos municípios têm ocorrido no terceiro sábado do mês, de forma combinada com as demais estratégias de saúde adotadas nas cidades.

“Neste sábado, 21, é o ‘Dia D’ de multivacinação, estaremos com as unidades de saúde abertas para atender a população e colocar em dia as cadernetas de vacinação. Junto a essa mobilização, a equipe da saúde estará a postos realizando atendimentos, orientando e esclarecendo as dúvidas da população”, detalha, Saiane.

Recomendado para todas as pessoas sexualmente ativas, o teste rápido é realizado através do SUS em todas as unidades de saúde do município, sem necessidade de agendamento, e o resultado fica disponível em aproximadamente 30 minutos. No sábado, 21, a testagem pode ser realizada nas UBS  dos bairros: Linha Cabral, Naspolini, Estação Cocal, Vila Rica, Graziela, Valsechi e Centro.

A exemplo do diagnóstico, o tratamento também pode ser realizado integralmente através do SUS. O antibiótico está à disposição do paciente na Farmácia Municipal.

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.