Central Funerária de Criciúma é alvo de denúncias de irregularidades | TN Sul

0

Criciúma

Edson Padoin

Uma denúncia feita por vereadores de Criciúma colocou em dúvida a qualidade dos serviços oferecidos pela Central Funerária da cidade. A controvérsia surgiu após uma família carente procurar a assistência social para realizar o velório e o enterro do filho, uma criança de seis meses, no último domingo. Segundo a família, o caixão fornecido pela Central Funerária já teria sido usado e o valor de R$ 480 foi cobrado por uma coroa de flores.

O vereador Manoel Rozeng, que acompanhou a situação após receber denúncias da família envolvida, criticou o atendimento prestado pela assistência social e a qualidade do serviço prestado. “Além de a família ser muito mal atendida, a qualidade do produto entregue foi lamentável. O caixão estava danificado e claramente já havia sido utilizado anteriormente. Isso é inaceitável, especialmente em um momento de tamanha dor para a família”, declarou Rozeng. Além do vereador, Paulo Ferrarezi e Obadias Benones também reclamaram dos serviços prestados durante a Sessão da Câmara de Vereadores.

De acordo com o vereador, a família teve que recorrer a vizinhos e amigos para arcar com os custos adicionais do velório, incluindo uma coroa de flores. Ele também criticou a falta de um serviço de transporte funerário para levar a urna funeral até o cemitério, tornando a situação ainda mais difícil à família enlutada. Diante da denúncia, os vereadores encaminharam um requerimento à Secretaria de Assistência Social e Habitação de Criciúma, solicitando esclarecimentos sobre o ocorrido. “Vamos aguardar para ver as respostas e entender o que está acontecendo para tomar uma atitude”, afirmou Rozeng.

Leia a matéria completa na edição desta quinta-feira, dia 19, do jornal impresso Tribuna de Notícias. Ligue para 48 3478-2900 e garanta sua assinatura.

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.