Criciúma encerra participação na Olimpíada Estudantil Catarinense | TN Sul

0

A delegação da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma encerrou a participação na Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) 2023 na terça-feira (3), em Florianópolis. Criciúma participou da competição com 187 atletas, em 13 modalidades. No quadro final de pontos, o município ficou na 6ª colocação e, no quadro final de troféus, conquistou a 4ª posição, garantindo seis troféus, sendo quatro de ouro e dois de prata.

“Para nós, é motivo de orgulho ver nossos atletas participando e garantindo boas colocações em uma competição tão grandiosa como a Olesc. Em meio a quase 100 cidades participantes, ficamos na 6ª colocação geral, o que nos motiva e traz ainda mais foco e força de vontade para que, no próximo ano, estejamos entre as três melhores cidades”, mencionou o presidente da FME de Criciúma, Neto Uggioni.

Modalidades coletivas

Nas modalidades coletivas, Criciúma garantiu quatro pódios. No basquete feminino, a equipe criciumense, comandada pela técnica Luana Scaini Minotto, conquistou a medalha de ouro. No basquete masculino, na final, Criciúma acabou sendo derrotada por Florianópolis. As meninas do vôlei, comandadas pelo técnico Luciano Irribarrem Carvalho, voltaram para casa com o título. No handebol masculino, a equipe criciumense foi derrotada por Itajaí e garantiu a medalha de prata. No futsal feminino, Criciúma ficou na 5ª colocação e, no masculino, em 6º lugar. No handebol feminino, Criciúma ficou em 8º lugar.

Modalidades individuais

As enxadristas Alice Fagundes Donato, Catharina Alves Cardoso, Clara Dias, Larissa Dagostin Nascimento, Nicoly Guilherme dos Santos e Valentina Barbosa, comandadas pelo técnico Claudionor Alcides Lima Pirola e pela treinadora Kathiê Goulart Librelato, conquistaram a 1ª colocação no xadrez feminino. No tênis feminino, as atletas criciumenses Ana Flávia Daros Espíndola, Giovanna Ventura Aude e Laura Pedrotti de Oliveira, comandadas pelo técnico Rodrigo Canuto de Souza, conquistaram o título de campeãs da Olesc. No xadrez e no tênis masculino, Criciúma ficou na 5º colocação.

No atletismo, Criciúma faturou, também, duas medalhas de ouro com a atleta Letícia de Oliveira Savi: uma na prova de salto em distância e outra na prova de salto triplo. Na colocação geral da modalidade, entre as mulheres, o município ficou na 12ª posição e, entre os homens, em 17º lugar. No karatê masculino, o atleta Yuri Laureano Candido conquistou a medalha de ouro na categoria acima de 75kg. No kata individual, Thalisson João Muniz da Silva garantiu a medalha de bronze para a equipe da FME de Criciúma. Na colocação geral, a cidade ficou na 8ª colocação.

No tênis de mesa, os meninos de Criciúma encerraram a participação na 5ª posição. Já as meninas ficaram em 6º lugar. Na natação, a equipe criciumense garantiu a 6ª colocação no naipe masculino e o 9º lugar no naipe feminino. No judô, Criciúma terminou a Olesc na 24ª posição. A modalidade de ginástica foi disputada antes da data oficial da Olesc. Criciúma competiu, sendo que a atleta Anaruê Maitê Morais de Lima foi a campeã da prova de mãos livres e vice-campeã geral da Olesc. Criciúma ficou na 4ª colocação geral da modalidade.

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.