Criciúma: Projeto “Trilho da Saúde” leva diversão ao bairro Tereza Cristina | TN Sul

0

Muita música, brincadeiras e diversão marcaram uma atividade de lazer realizada nesse sábado (21/10) pelo projeto de Extensão da Unesc “Trilho da Saúde”, no bairro Tereza Cristina, em Criciúma. A iniciativa conta com a participação de professores e estudantes do Programa de Residência Multiprofissional, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSCol) e do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconômico (PPGDS) da Universidade.

Dezenas de crianças participaram de atividades de recreação e tiveram acesso a brinquedos, como cama elástica e pula-pula. Por meio de parceiros, o projeto ainda distribuiu lanches e guloseimas. Os familiares das crianças também puderam escolher roupas e calçados que foram doados exclusivamente para a iniciativa.

“Devido às chuvas, tivemos um pouco de atraso nesta ação alusiva ao Dia da Criança, mas, hoje, estamos aqui proporcionando muita alegria às pessoas que não têm a oportunidade de celebrar a data. Todas as crianças são acompanhadas pelo projeto juntamente com suas famílias”, explica a coordenadora do Mestrado em Saúde Coletiva e das Residências Multiprofissionais, Lisiane Tuon.

Em atividade há três anos, o Trilho da Saúde tem como objetivo oferecer suporte gratuito de saúde a famílias que vivem em situação de vulnerabilidade nos bairros cortados pela linha férrea, no entorno da Universidade. Professores e acadêmicos dos diversos cursos da área da Saúde compartilham conhecimentos e experiências com a comunidade.

“Este projeto é um case da nossa Graduação Multi e reflete o caráter comunitário da nossa Unesc. Soma a excelência do Ensino à Extensão, possibilitando aos acadêmicos uma formação prática muito diferenciada, humana e que exercita a cidadania. É uma experiência que produz um aprendizado significativo que, seguramente, modificará a trajetória formativa dos nossos estudantes, além de todos os benefícios que leva à comunidade”, salienta a reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta.

O Residente Multiprofissional em Atenção Básica e Saúde da Família, João Pedro Deodato, reconhece a importância do projeto para os envolvidos. “É uma atividade que permite à comunidade participar dos nossos programas de maneira gratuita e bem assistida. De maneira geral, todos ganham muito”, salienta.

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.