Defesa de Lázaro Barbosa pede proteção especial em caso de prisão

Defesa de Lázaro Barbosa pede proteção especial em caso de prisão

Na última segunda-feira, a Defensoria pública federal, assumiu a defesa do serial killer Lázaro Barbosa, fez apelo para que em caso de prisão esteja sob proteção a integridade física e mental do criminoso.

Nesse sentido, afim de garantir a integridade de lado do Barbosa, a Defensoria pública faz pedido um tanto quanto inacreditável

“Considerando a enorme repercussão nacional conferida ao caso, visando salvaguardar a vida e a saúde de Lázaro, a defesa técnica solicita ao ilustre juízo que, desde logo, seja garantida a proteção da integridade física e psíquica do apenado” consta no pedido da defesa

Ainda assim, a defesa pede para que o mesmo esteja em locais seguros e sem que seja obrigado a dividir cela com outros prisioneiros

“Instalações seguras, se possível, sem ter que dividir cela com outros internos do estabelecimento prisional em caso de ser recapturado com vida”. finalizou

Defesa de Lázaro Barbosa pede proteção especial em caso de prisão

Há mais de 13 dias , a polícia do DF juntamente com a do Goiás estão empenhandos na  estratégia de busca e apreensão para um serial killer que está agindo no estudo Federal e assustando toda a população.

Lázaro Barbosa de Souza, considerado como um dos bandidos mais perigosos do momento. Possui personalidade fria e cruel já está foragido da polícia há 12 dias. Embora tenha  quase 300 homens empenhados em lhe prender.

VERSÃO DA ESPOSA E DA MÃE 

Recentemente, a mãe do conhecido Serial Killer do DF, cedeu uma entrevista ao Cidade Alerta’ e negou que o filho tenha ligações com coisas satânicas e ainda pede para que o filho se entregue e esclareça todas essas mentiras que estão sendo faladas a seu respeito. Assim como a mãe, a esposa de Lázaro, que é mãe da sua filha de dois anos, nega que ele seja um homem do diabo.

LEIA MAIS NOTICIAS EM:

Deputada que prometeu achar Lázaro é acusada de debochar de policiais

Serial Killer ataca novamente, faz novos reféns e os obrigam a fumar mac0nha “precisa relaxar”