Dica da Semana: “O Canto do Cisne” | TN Sul

0

O filme dramático de ficção científica “O Canto do Cisne” estreou em 2021 para reafirmar a potência de Mahershala Ali como um dos atores mais potentes de Hollywood dos últimos tempos. Indicado para o Globo de Ouro de Melhor Ator, em 2022, pelo filme, o ator norte americano venceu dois Oscar de Melhor Ator Coadjuvante pelos seus papéis em “Moonlight” (2017) e “Green Book” (2019). Em “O Canto do Cisne” – disponível no catálogo da Apple Tv –, Ali interpreta um homem de meia idade que, por conta de alguns acontecimentos, é confrontado com diversas questões existenciais.

Ambientado em algum momento no futuro, quando o filme começa, Cameron (Ali) já foi diagnosticado com uma doença terminal e tem a certeza de que lhe restam apenas poucos dias de vida. Casado com a compositora Poppy (Naomie Harris) e pai de uma criança pequena, o casal está à espera do segundo filho quando o protagonista recebe a notícia de que irá morrer em breve. Preocupado com o impacto de sua ausência para a família, Cameron oculta a sua condição médica da esposa e do filho. Ao mesmo tempo, a doutora Scott (Glenn Close) lhe apresenta uma nova tecnologia que pode responder essa angústia.

A inovação em questão é a possibilidade de criar um clone de Cameron que, além de possuir as suas características físicas, também incorpora todas as suas memórias e sentimentos. Com isso, quando o protagonista morresse, o seu clone poderia assumir o seu lugar e a sua família jamais saberia do ocorrido. Apesar do clone de Cameron já estar na fase final de desenvolvimento, ele precisa de um período junto com o protagonista para concluir a sua configuração e fazer a transição efetiva de suas memórias. Nesse convívio com seu clone, Cameron debate consigo mesmo sobre se deve ou não alterar o destino de sua família.

por Kreitlon Pereira

colunavia@gmail.com

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.