Em dois meses, bancos renegociam R$ 13,2 bilhões em dívidas | TN Sul

0

O Desenrola Brasil, programa de renegociação de dívidas com descontos de até 96%, já soma R$ 13,2 bilhões em quantidade de recursos financeiros negociados nos dois primeiros meses desde o lançamento anunciado pelo governo federal.

O valor divulgado nesta segunda-feira (18) pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) é referente exclusivamente à Faixa 2, na qual os débitos bancários são negociados diretamente com a instituição financeira em condições especiais.

O montante, no entanto, representa uma perda de força na comparação com as primeiras quatro semanas do programa, quando foram renegociados R$ 8,1 bilhões. Com isso, é possível afirmar que o volume de negócios foi de R$ 5,1 bilhões no segundo mês, valor 37% menor do que o registrado nas primeiras quatro semanas.

Entre 17 de julho e 15 de setembro, o número de contratos de dívidas negociados chega a 1,9 milhão, beneficiando 1,46 milhão de clientes bancários. Ao longo dos dois meses, instituições financeiras tiraram “do vermelho” cerca de 6 milhões de registros de clientes que tinham dívidas bancárias de até R$ 100.

“Os bancos estão diretamente envolvidos na concepção e no desenvolvimento do Programa Desenrola desde o início, e o programa cumpre papel essencial no momento delicado das finanças das famílias brasileiras”, afirma o presidente da Febraban, Isaac Sidney.

A Faixa 1 do programa é destinada a clientes com renda mensal de até dois salários mínimos ou inscritos no CadÚnico que tenham dívidas de até R$ 5.000. Os bancos, varejistas e companhias de fornecimento de água, gás e energia elétrica que querem participar da rodada de renegociação tiveram até a semana passada para aderir ao Desenrola.

*Via Portal R7

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.