Festival de Bandas reúne 500 músicos na Satc  | TN Sul

0

A integração musical e a grandiosidade das apresentações marcou mais uma edição do Festival de Bandas de Sopro e Percussão promovido pela Satc, que ocorreu no último sábado (30). A edição de 2023 reuniu no ginásio II da instituição mais 500 músicos, que fazem parte dos 12 grupos participantes. O evento contou com a presença do público externo que pôde acompanhar a performance de bandas com estilos diferentes, as musicais e marciais. 

A integração entre os grupos e a valorização da música foram o ponto alto do encontro. “É a primeira vez que a gente está participando do evento com o Colégio São José de Tubarão, então percebemos o quanto esse momento cria uma expectativa nos alunos. Deixa todo mundo animado pra o festival, os músicos se sentem valorizados por estarem estudando o instrumento e ter onde apresentar também. E ter um local onde podem estar mostrando um pouquinho do que estão aprendendo é de suma importância para os estudantes”, destaca o maestro da Banda Marcial Colégio São José, Geziel Souza Mota. 

A musicista de clarinete, Ana Clara de Brida Silva, tem 10 anos e representou a banda mais jovem do festival. “Eu estou há um ano na Banda Cerpalo, de Paulo Lopes e comecei a tocar porque adoro o som do clarinete. Foi muito legal estar apresentando nossas músicas aqui com outras bandas. Viemos de longe, um pouco cansativo, mas valeu a pena mostrar nosso repertório”, conta Ana Clara. 

Para o maestro da Banda Marcial Satc, Pedro Apolinário, a realização do festival é uma forma de proporcionar novas experiências. “Nosso propósito é reunir essas grandes bandas e fazer uma integração musical e cultural, pois não é uma competição. Para nós enquanto anfitriões foi um momento muito especial, com toda essa troca de conhecimento e com vários estilos de banda, com as musicais e marciais. É muito bom resgatar esse evento, que está retornando após a pandemia”, explica Apolinário. 

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.