Ford anuncia fechamentos de todas as fábricas no Brasil

Ford anuncia que irá fechar todas as suas fábricas instaladas no Brasil, assim, chega ao fim uma história de mais de 100 anos. 

Desde 1904, carros da montadora já circulavam no país, contudo, foi em 1919 que a Ford inaugurou a primeira fábrica no Brasil, sendo a pioneira do ramo automobilístico no país. 

A decisão em instalar uma fábrica no país partiu do próprio Henry Ford, fundador da montadora. Empregos, renda, desenvolvimento marcaram a história da montadora aqui no Brasil. 

Comemoração da construção do caminhão de número 100.000 da marca Ford no Brasil, em fevereiro de 1964 – Fonte: Redes sociais
Montadora começa a fechar as portas no país 

Em 2019, uma notícia pegou muitos de surpresa. Com o número de vendas cada vez menor, veio a notícia de que a fábrica instalada em São Bernardo do Campo iria fechar suas portas. 

Além disso, a montadora anunciou também que tiraria o modelo Fiesta de linha e deixaria de vender caminhões em toda a América do Sul. Ano passado a venda da fábrica do ABC Paulista foi concluída. 

Carros importados, futuro na marca no Brasil  

Ainda veremos carros da Ford sendo vendidos no país, os veículos novos que circularão por aqui serão importados, principalmente da Argentina e do Uruguai. 

Além disso, o representante da montadora garantiu que os clientes continuarão com toda a assistência e manutenção garantida. 

Decisão de parar a produção no país

A fabricante informou em carta a concessionários, que a situação da Ford América do Sul já vinha se agravando desde a crise financeira de 2013. 

Assim, perdas significativas fizeram com que o caixa da matriz, situado nos Estados Unidos auxiliasse financeiramente, mas hoje a situação ficou insustentável, principalmente por conta da pandemia. 

Com a redução nas vendas e perdas significativas, não teve outra alternativa mais viável do que fechar as portas. A montadora também citou a desvalorização das moedas locais.

Número de desempregados 

A montadora informou que ao menos 5 mil funcionários serão demitidos com a reestruturação prevista entre os países Argentina e Brasil, o país vizinho sofrerá ajustes mesmo com a continuidade da produção por lá. 

Assim que os estoques existentes dos modelos Ka, EcoSport e Troller T4 acabarem, esses veículos, portanto, também deixarão de ser vendidos no país. 

A Ford disse que fechar as portas das fábricas no Brasil é um exemplo da reestruturação pela qual a montadora está passando em todo o mundo. 

Nos últimos anos, países como Austrália que tinham fábricas há mais de 90 anos viram a montadora fechar as portas. França e até mesmo os Estados Unidos, sede da montadora, também sofreram com a reestruturação, muitas demissões foram anunciadas em 2019. 

Repercussão da saída da montadora do Brasil 

O Ministério da Economia lamentou a decisão da montadora e afirmou que a notícia chegou no momento que o setor industrial apresenta uma forte recuperação. 

No entanto, vale lembrar que o setor automobilístico no Brasil, principalmente quanto a fabricação de veículos passa por um momento difícil, visto que, recentemente a Mercedes-Benz também fechou sua produção no país

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *