Governador Jorginho Mello cumpre agenda no Sul do Estado | TN Sul

0

Paulo Paixão
Sombrio/Criciúma
politica@tnsul.com

Nesta sexta-feira, dia 15, três municípios do Sul do Estado recebem a visita do governador Jorginho Mello e da secretária de Saúde, Carmen Zanotto. A estadia do Governo do Estado na região Sul começa pela Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc), na cidade de Sombrio. A agenda segue para a Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) nas cidades de Criciúma e Forquilhinha.

Compromissos

Jorginho Mello e demais integrantes do governo participarão de uma série de inaugurações em hospitais, no Bairro da Juventude e da Usina de Asfalto do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Amrec (Cim-Amrec).

Área da saúde ganhará novos leitos de UTI

Na manhã deste dia 15 o Governo do Estado abre pelo menos 18 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em dois hospitais. Primeiro, Jorginho Mello e Carmen Zanotto estarão no Hospital Dom Joaquim em Sombrio. Na oportunidade haverá a inauguração de dez leitos de UTI Pediátrica na instituição, que teve um investimento de R$ 3 milhões de emenda parlamentar e investimentos do Instituto Maria Schmitt (Imas). O diretor de Implantação e Regulação do Imas, Robson Schmitt, destaca que esse serviço é um grande avanço para a região da Amesc, tendo em vista que, dentre as grandes áreas básicas da UTI, neo, adulto, só faltava a pediátrica.

“Vamos atender pela regulação de leitos do Estado e a Amesc passa a ser uma região que ao invés de encaminhar os pacientes para serem tratados fora, começa a ser uma região onde recebe os pacientes. Então esse avanço é fundamental e importantíssimo para a valorização do Extremo Sul de Santa Catarina. Uma região agricultora, trabalhadora que às duras penas tem transformado a saúde da região e contribuído muito para a saúde do Estado”, frisou o Dr. Robson.

O Estado estará fazendo a contratualização para custear e manter os leitos funcionando. “Desde o início da nossa gestão temos um olhar muito atento à saúde de nossas crianças. Por determinação do governador, temos feito um trabalho de ampliação da rede de atendimento. Reabrimos e qualificamos os leitos de Criciúma e agora entregamos mais dez leitos de UTI em Sombrio. São 127 leitos de UTI infantil abertos no Estado somente este ano”, salientou à reportagem do jornal Tribuna de Notícias a secretária de Saúde de Santa Catarina, Carmen Zanotto.

Investimento

Em Criciúma, o Hospital Materno-Infantil Santa Catarina inaugura a reforma de oito novos leitos de UTI, sendo sete da UTI neonatal e um da UTI pediátrica. O investimento nos leitos foi de R$ 1,2 milhão. “A reabertura desses leitos representa um marco para o Estado. Com a ampliação da capacidade de atendimento na UTI neonatal, estaremos oferecendo uma oportunidade maior de cuidados especializados aos bebês que necessitam de cuidados intensivos”, disse o diretor do hospital, Cesar Magalhães.

Usina de Asfalto atenderá Maracajá, Forquilhinha e Nova Veneza

A Usina de Asfalto do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Amrec que será inaugurada pelo governador, tem um investimento de aproximadamente R$ 9 milhões e está localizada na Rodovia 476, no bairro São Gabriel, em Forquilhinha. Além de Forquilhinha, essa usina irá atender às cidades de Maracajá e Nova Veneza.

A Usina de Asfalto foi conquistada através do Programa SC Mais Asfalto, implementado pelo Governo do Estado em 2021 e a parceria com o CIM-Amrec. O empreendimento é destinado para a aquisição de equipamentos essenciais, incluindo uma usina de asfalto quente (CAUQ) móvel, um silo para emulsão asfáltica, uma pá carregadeira sobre rodas e caminhões para espalhar, transportar pessoal e realizar pintura e sinalização.

Recentemente, quando esteve visitando o local, o prefeito de Maracajá, Anibal Brambila, enfatizou que a usina tem como objetivo reduzir os custos de asfaltamento de vias urbanas e rurais, melhorando as condições de tráfego e, como resultado, promovendo uma maior qualidade de vida e desenvolvimento na região. A capacidade de produção da usina é de 40 toneladas por hora, o que promete acelerar significativamente o processo de pavimentação asfáltica.

“A Usina de Asfalto é um grande avanço para os municípios de Forquilhinha, Nova Veneza e Maracajá, pois possibilitará mais pavimentações, em tempo recorde, com um preço mais barato e qualidade”, finalizou o prefeito Anibal Brambila.

Confira mais matérias completas na edição deste final de semana do jornal impresso Tribuna de Notícias. Ligue para 48 3478-2900 e garanta sua assinatura.

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.