“Jesus, não deixa papai fazer mal não” diz esposa de Lázaro Barboba sobre sonho que a filha teve com o pai 

“Jesus, não deixa papai fazer mal não” diz esposa de Lázaro Barbosa sobre sonho que a filha teve com o pai 

A esposa do serial killer mais procurado do momento, sair de uma entrevista ao “Domingo espetacular”, e contou detalhes de tudo que está passando devido ao sumiço do marido.

Dessa forma, a esposa do assassin0 relatou que a filha do casal, de dois anos de idade, está sempre vendo a foto do pai nos jornais policiais. Ainda relatou que a filha chama o pai com frequência e que a criança chegou a sonhar com o mesmo 

“Jesus, não deixa papai fazer mal não” contou a esposa sobre um relato que a filha fez no sonho com o pai. 

Ainda assim, a mulher de Lázaro Barbosa confessou que foi torturado pela polícia, devido aos mesmos acreditarem que ela sabia onde o marido está escondido. Ainda assim revelou que policiais civis falaram que ela era cúmplice e por esse motivo tinha que morrer.

“Jesus, não deixa papai fazer mal não” diz esposa de Lázaro Barbosa sobre sonho que a filha teve com o pai 

“O policial deu três, quatro tapas no meu rosto. Ele quebrou o rodo da minha tia e ia me bater com o cabo. Eu pensei comigo: Senhor, eu não acho justo eu apanhar com esse cabo de vassoura. O Senhor sabe que eu não sei onde ele está.” confidenciou a Roberto Cabrini. 

Fora isso, contou que um policial ameaçou queria afogar ela caso ela não dissesse onde o marido está escondido. Em seguida, a mulher acrescentou que os policiais não podem bater na população dessa forma, levando em consideração que isto é abuso.

Fora as ameaças das autoridades, a população também acredita que algo tem que ser feito com a esposa de Lázaro para que o mesmo se entregue

ASSISTA:

https://www.youtube.com/watch?v=Igm3WB020CU

LEIA MAIS NOTICIAS EM:

Lázaro Barbosa faz nova vítima e tira membro da equipe policial

Adriana Esteves termina casamento com ator e assume romance com outro após se apaixonar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *