Lula faz reunião com ministros para discutir chuvas no Estado | TN Sul

0

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva coordenou nesta quinta-feira (12), por videoconferência, uma reunião com ministros para discutir a situação das chuvas intensas que atingem Santa Catarina, na Região Sul, e da forte seca e incêndios florestais que castigam o Amazonas, na Região Norte.  

“Assim como fizemos com o Rio Grande do Sul, temos dedicado atenção especial a esses estados, com a presença de técnicos, secretários, ministros, repasses de recursos e muito diálogo. Determinei aos ministros que todas as equipes estejam mobilizadas e à disposição dos governos estaduais e das prefeituras. O Governo Federal está atento, presente e atuando para atender a população e remediar os danos causados pelos extremos climáticos”, publicou Lula em uma postagem na rede social X (antigo Twitter).

Nas duas últimas semanas, Lula vem despachando do Palácio da Alvorada,residência oficial, onde se recupera de uma cirurgia para reconstrução da articulação do quadril. Diariamente, nos últimos dias, o presidente tem mantido uma agenda remota de trabalho, que inclui reuniões virtuais com auxiliares e telefonemas com autoridades.

Santa Catarina

Em Santa Catarina, as chuvas dos últimos dias deixaram um rastro de alagamentos, deslizamentos e outras ocorrências. Até esta quarta-feira (11), pelo menos 135 municípios já haviam decretado situação de emergência no estado.

Uma força-tarefa do governo federal desembarcou em Navegantes, no litoral catarinense, para acelerar o apoio a municípios atingidos.  A comitiva, liderada pelo ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, sobrevoou as cidades mais afetadas pelos temporais, no Vale do Itajaí, entre elas, Rio do Sul e Taió. Depois, por terra, percorreu algumas localidades de Blumenau, onde seus integrantes se reuniram com o governador catarinense, Jorginho Mello, prefeitos, parlamentares e a comunidade.

*Via Agência Brasil

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.