Morre, aos 31 anos, Bobi, o cão mais velho da história | TN Sul

0

Bobi, o cão que era até então dono do recorde no Guinness Book como cachorro mais velho do mundo e da história, faleceu em sua residência em Portugal, neste sábado, 21, aos 31 anos de idade. Bobi era um Rafeiro do Alentejo, raça típica de Portugal.

Sua morte foi anunciada via redes sociais pela sua veterinária que fazia visitas frequentes: “Apesar de ter vivido mais do que qualquer cão na história, seus 11.478 dias na Terra nunca serão o suficiente para aqueles que o amavam,” escreveu Dra. Karen Becker.

Será que existe tempo o suficiente? Creio que não“, lamenta veterinária. – Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Apesar de ter vivido boa parte de sua vida de maneira saudável, o cão passou por dificuldades de caminhar e em enxergar nos últimos dias de sua vida.

Seu tutor, Leonel Costa, disse que um dos segredos para tamanha longevidade do pet foi o fato de que ele nunca foi acorrentado ou se quer usou coleiras. Leonel também diz que Bobi se alimentava de comida humana, mas com pouco ou sem sal. O cão vivia em Coqueiros, uma área rural e tranquila da cidade de Leiria, em Portugal. Costa tinha 8 anos de idade quando Bobi nasceu, em 1992.

Foto: Guinness World Records

Bobi havia superado o recorde de longevidade de Bluey, um cão australiano nascido no ano de 1910, que faleceu aos 29 anos de idade.

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.