Morro da Fumaça inicia o mês de agosto com campanha de aleitamento materno | TN Sul

0

Nesta primeira semana do mês de agosto, o Governo de Morro da Fumaça, por meio da Secretaria do Sistema de Saúde e Desenvolvimento Social, está realizando a campanha “Agosto Dourado” que incentiva o aleitamento materno. A ação conta com programação em diferentes pontos da cidade.

O incentivo à amamentação é feito durante todo o ano na cidade, mas ganha reforço neste mês. “Temos os grupos de gestantes em cada Unidade Básica de Saúde (UBS), onde orientamos sobre diversos assuntos relacionados à gestação, inclusive sobre o aleitamento materno. Agora em agosto a gente dá ainda mais ênfase no assunto e reforça que, conforme o Ministério da Saúde, a amamentação reduz a mortalidade infantil e traz benefícios para a criança e para a mãe”, conta a secretária da pasta, Marijane Felippe.

Os encontros dos grupos de gestantes acontecem mensalmente em apenas algumas unidades, mas neste mês todos irão se reunir. “Cada unidade terá seu horário e dia de encontro, inclusive, em algumas já aconteceram, como no Distrito de Estação Cocal e no bairro Naspolini. Diversos profissionais da saúde se envolvem e participam desses encontros, onde são abordados temas como gestação, parto, puerpério e, principalmente em agosto, a amamentação”, detalha a coordenadora da Atenção Básica, Francine da Soller Teixeira.

Além dos grupos, a Secretaria do Sistema de Saúde irá realizar um evento totalmente voltado ao tema do Agosto Dourado. “No dia 24 desse mês será realizada uma palestra com enfermeira obstetra e especialista em amamentação e também sobre a Manobra de Heimlich com o SAMU. O evento está marcado para às 14h, no auditório do Samae, terá coffee break e sorteio de brindes, todos que quiserem participar estão convidados”, revela a secretária.

Para participar é preciso se inscrever até o dia 18. “Pedimos que as gestantes e lactantes se direcionem para as suas unidades de saúde ou venham até a Secretaria do Sistema de Saúde para se inscrever para o evento, tirar dúvidas e obter outras informações”, pontua a coordenadora.

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.