Morro da Fumaça: Vigilância Sanitária realiza ação de combate à dengue | TN Sul

0

Desde o mês de outubro a Vigilância Sanitária de Morro da Fumaça vem intensificando as ações de prevenção e combate à dengue no município. Neste feriado alusivo ao Dia de Finados, a equipe sanitarista estará atuando nos cemitérios da cidade com o intuito de orientar a respeito dos cuidados que a população pode adotar para apoiar a campanha.

“Anualmente, no Dia das Almas, a nossa equipe fica de prontidão nos cemitérios da cidade, para alertar a população sobre os vasos de flores e demais recipientes que podem contribuir para a proliferação do Aedes aegypti. A estratégia tem sido satisfatória, haja vista que as pessoas conversam com os nossos agentes e entendem a importância de colaborar”, explica a coordenadora da Vigilância Sanitária, Patrícia da Rosa Satiro Zanette.

Além da atuação pontual no decorrer do dia 2, nos dias seguintes serão realizadas vistorias nos cemitérios com o objetivo de identificar e remover recipientes que possam vir a se tornar criadouros do mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

“Nas últimas semanas, o carro de som está percorrendo as ruas da cidade alertando sobre os cuidados, entretanto o trabalho pontual nos cemitérios é fundamental. Com base nos anos anteriores, observamos que a estratégia adotada é eficiente”, destaca a agente de Endemias, Rute Laurentino Martinez.

Mediante a proximidade do verão, a campanha de prevenção e combate deve seguir em evidência durante os próximos meses. A atenção especial com os vasos de flor se deve ao fato que o Aedes aegypti se utiliza dos mais variados recipientes que possam acumular água parada para constituir criadouros. “Neste período do ano, temos a combinação de calor e chuvas recorrentes, o cenário ideal para acelerar a reprodução do agente transmissor. Frente a isso, precisamos agir preventivamente com o intuito de evitar a proliferação do mosquito”, destaca Patrícia.

Em conformidade com as ações já destacadas, no decorrer do ano, a equipe realiza ações de conscientização nas escolas, palestras, eventos da Prefeitura e barreiras sanitárias para a entrega de informativos. Placas de alerta também foram instaladas em pontos estratégicos da cidade.

Com base em dados divulgados pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC), o Estado enfrenta um momento complexo em relação ao enfrentamento da doença. Em  2023, Santa Catarina já registrou mais casos confirmados da doença, bem como de mortes em decorrência da doença, do que o total contabilizado durante todo o ano de 2022.

Denúncias sobre possíveis focos ou equipamentos em má conservação que  podem ser potenciais criadouros devem ser comunicadas por meio do telefone 48 3434 2442 ou através do e-mail: sanitaria.saude@morrodafumaca.sc.gov.br.

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.