Mulher que traiu marido com morador de rua, se pronuncia e novos detalhes surpreendem

Recentemente viralizou uma notícia, onde uma mulher teria traído seu marido, com um morador de rua, tendo até atos sexuais com o indivíduo. O marido, Eduardo Alves de 31 anos, foi traído por um morador de rua de 48 anos de idade, e logo o assunto ganhou muita repercussão nas redes sociais nesta última terça feira dia 15 de março, e até o momento, tem sido um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, tanto por ser algo incomum, quanto pela curiosidade das pessoas para entender o que de fato aconteceu.

O fato aconteceu na cidade de Planaltina, no Distrito Federal, no dia 9 de março, mas só recentemente ganhou repercussão na mídia e começou a ser comentado. Segundo relatos, Eduardo pegou sua esposa no momento em que estava tendo a relação sexual com o morador de rua, dentro de um carro, logo Eduardo pensou de primeira que se tratava de uma situação onde ela estava sendo abusada. Logo o personal trainer chegou e atacou o morador de rua, e acionando a polícia, que ao chegar ao local, levou os três envolvidos ao hospital de Planaltina, e logo em seguida abriu uma investigação sobre o caso.

Na situação, ambos acabaram feridos, o marido e o morador de rua, e a mulher ficou chocada com a situação. De acordo com informações, a mulher estava com sua sogra, e tinham ido para realizar ações beneficentes para ajudar os moradores de rua, mas logo acabaram se separando e foi onde tudo aconteceu. Suspeitando da demora de sua esposa, o marido saiu em procura da mesma, preocupado, e foi quando a encontrou dentro do seu carro, com outro rapaz.

O que mais chamou a atenção de todos, foram áudios que uma repórter da Globo teve acesso, onde ela conta algo que aconteceu em um momento, dizendo que em certo momento, ela diz ter visto no morador de rua a “imagem de seu marido e de Deus”. De acordo com a moça, o sem-teto a abordou pedindo por dinheiro, mas como ela não tinha naquele momento, ele pediu a ela para ver a Bíblia que ela portava, além de um abraço, e após isso, seguiram para dentro do carro.