Novo bombardeio na fronteira de Gaza com Egito impede saída de brasileiros | TN Sul

0

Um novo bombardeio entre a Faixa de Gaza e o Egito, nesta segunda-feira (16), deverá atrasar ainda mais a saída do grupo de cerca de 30 brasileiros e familiares, encurralado pela guerra. As famílias estão à espera de uma oportunidade de abertura do posto de fronteira para deixar a região do conflito entre os terroristas do Hamas e as Forças de Israel.

Jornalistas da AFP constataram que o ataque à região de Rafá, que fica em território palestino, afetará a circulação de pessoas, embora a fronteira com o Egito esteja fechada há uma semana. Nesta segunda, centenas de palestinos aguardam a abertura para fugir da área de conflito. Três bombardeios israelenses já atingiram a região de passagem.

O governo brasileiro informou hoje que os nacionais estão nas localidades de Khan Younis e Rafá, ambas na Faixa de Gaza e perto da fronteira com o Egito. De acordo com nota do Itamaraty, há “permanente contato” com os brasileiros por meio do Escritório de Representação do Brasil em Ramalah.

Alguns veículos contratados pelo Itamaraty estão preparados e à espera da abertura da passagem de Rafá para retirar os brasileiros. Além disso, o Brasil mantém contato frequente com o governo egípcio para facilitar a saída.

Quando isso ocorrer, um avião da Presidência da República, neste momento parado no aeroporto internacional de Roma, resgatará o grupo. Agora, a aeronave só espera autorização para decolar e pousar em território egípcio — o aeroporto ainda é um ponto indefinido e depende da chegada dos brasileiros.

Mais uma vez, o governo brasileiro desaconselhou quaisquer deslocamentos não essenciais para a região do conflito.

*Via Portal R7

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.