Número de municípios afetados pela chuva é estável, segundo Defesa Civil | TN Sul

0

Permanece em 144 os municípios que registraram ocorrências em virtude das chuvas
registradas desde o dia 04 de outubro no estado. Os dados estão no relatório da Defesa Civil divulgado no fim da manhã desta segunda-feira, 16. São 126 os municípios que emitiram decretos de situação de emergência, o número também é o mesmo se comparado ao último relatório divulgado no domingo.

O estado tem confirmadas 4 mortes decorrentes do evento climático (Palmeira, Rio do Oeste, Campo Belo do Sul e Rio do Sul) , além de 1 ferido em Timbó.

Desde que as chuvas volumosas atingiram o estado no começo do mês de outubro, são contabilizados registros de chuvas intensas, alagamentos, deslizamentos e granizo que atingiram residências, estradas e centros urbanos em diversas regiões de Santa Catarina.

Atenção Meteorológica

Nesta manhã, a Defesa Civil atualizou nota de Atenção Meteorológica para temporais com chuva intensa e volumosa entre segunda, 16, e terça-feira,17.

Foto: Divulgação/ Defesa Civil SC

O fluxo de calor e umidade da região amazônica, áreas de baixa pressão em vários níveis da atmosfera e a formação de uma frente fria no oceano provocam temporais, chuva intensa e volumosa. O risco é moderado nas áreas em amarelo e alto nas áreas em laranja para destelhamentos, queda de árvores, danos a rede elétrica, alagamentos, enxurradas, inundações graduais e deslizamentos.

São esperados volumes de chuva entre 90 e 140 mm entre o Grande Oeste e o Planalto Sul e de 70 a 110 mm entre o Planalto Norte, Alto Vale do Itajaí e Litoral Sul. No restante do estado, os acumulados previstos ficam entre 40 e 70 mm. Entre o Extremo Oeste e Oeste, há possibilidade de ocorrência de tempo severo.

Municípios em situação de emergência

Até o momento, o Governo do Estado já distribuiu 91.941 itens de assistência humanitária para 25 municípios. Equipes municipais com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Assistência Social e demais estruturas do Governo do Estado além de contar com o apoio de órgãos federais como a Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Polícia Rodoviária Federal prestam atendimentos aos afetados.

Monitoramento meteorológico

Nesta segunda-feira, 16, os temporais retornam para todo o estado de Santa Catarina, com início nas áreas de divisa com o RS, mas se intensificam durante à tarde, especialmente na região do Grande Oeste, Planaltos e Alto Vale do Itajaí. O risco é moderado a alto para ocorrências como destelhamentos, danos na rede elétrica, queda de galhos e árvores e chuva pontualmente intensa. Estas condições ocorrem devido a intensificação do fluxo de ar quente e úmido da região amazônica, combinada com a formação de uma baixa pressão na Argentina. Os ventos sopram do quadrante norte, com intensidade fraca a moderada. As temperaturas sobem rapidamente e durante a tarde superam os 30°C no Extremo Oeste. No litoral e Vale do Itajaí variam entre 22°C e 26°C.

Tendência do tempo para os próximos dias

Terça-feira (17)
O dia já amanhece nublado e com chuva em grande parte das regiões. Ainda, o risco para temporais persistem no decorrer do dia. Os acumulados devem ser elevados devido a intensidade da chuva, em especial nas áreas entre o Oeste e Planalto Norte. O risco é moderado a alto para destelhamentos, danos na rede elétrica, queda de galhos e árvores, assim como para alagamentos, deslizamentos e enxurradas e inundações, devido aos acumulados observados nos últimos dias. As chuvas ocorrem devido a formação e avanço de uma frente fria, em combinação com as instabilidades que já atuavam desde a segunda-feira. As temperaturas máximas oscilam entre 20°C e 24°C do Extremo Oeste aos planaltos. Os ventos sopram moderados de quadrante oeste.

Quarta-feira (18)

Na quarta-feira (18) as instabilidades perdem força, mas o tempo ainda segue com bastante nebulosidade e deve ocorrer chuva fraca em todas as regiões, em especial nas áreas próximas ao estado do Paraná entre o Oeste e Planalto Norte. Devido aos acumulados observados nos dias anteriores, permanece o risco para deslizamentos e inundações. Os ventos sopram de quadrante oeste, com intensidade fraca. Com o predomínio de nebulosidade e os ventos de quadrante sul, as temperaturas não conseguem subir muito ao longo do dia. Dos planaltos as áreas litorâneas, as máximas não passam de 19°C. Na região do Grande Oeste as máximas marcam entre 20°C e 23°C.

Quinta e sexta-feira

No período entre quinta (19) e sexta-feira (20), a aproximação de novas áreas de instabilidades fornecem condições para temporais e chuva intensa no Grande Oeste catarinense. Algumas pancadas de chuva também devem atingir as demais áreas do estado, mas os modelos indicam menores acumulados de precipitação para as áreas entre os

*Via Governo do Estado de SC

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.