Policia encontra carta deixada por Lázaro Barbosa em esconderijo “Muitas pessoas merecem morrer”

Policia encontra carta deixada por Lázaro Barbosa em esconderijo “Muitas pessoas merecem morrer”

Nos últimos dias, a polícia do DF traçou uma estratégia de busca e apreensão para um serial killer que está agindo no estudo Federal e assustando toda a população.

Nesse sentido, o homem identificado como Lázaro Barbosa, de 36 anos, baiano, está sendo procurado por matar uma família na ceilândia, na última terça-feira dia nove.

Dessa forma, Lázaro ceifou a vida de Claudio Vidal e os dois filhos Gustavo e Eduardo Marques. Então, levou Cleonice Marques, matriarca da familia, como refém. Dias depois, encontraram o corpo da mulher totalmente sem roupa e com com a orelha decepada.

Autoridades envolvidas no caso Lázaro uma carta supostamente escrita por Lázaro em um dos esconderijos usados pelo serial killer. As autoridades do estado de Goiás e do DF estão juntos na missão para conseguir encontrar um dos criminosos mais procurados dos últimos dias.

Dessa forma, os policiais chegaram a um esconderijo de Lázaro, na região de Edilândia e encontraram  uma carta escrita a mão deixado sob a mesa.

Policia encontra carta deixada por Lázaro Barbosa em esconderijo “Muitas pessoas merecem morrer”

Dessa forma, o texto estava escrito com caneta vermelha e tem frases muito assustadoras 

“Muitos que vivem merecem morrer, alguns que morrem merece (sic) viver. Você pode lhes dar a vida? Então não seja tão ávido para julgar e condenar à morte. Há outras forças agindo no mundo, além da vontade do mal

Além disso, juntamente com a carta,  encontraram algumas frutas dentro de um cesto de palha.

A familia do assassin0 já apareceu e se pronunciou fazendo apela para que o rapaz se entregue. Por fim, as autoridades do DF e do Goiás, se juntaram para conseguir capturar Lázaro Barbosa, as buscas pelo criminoso já dura mais de 10 dias. 

LEIA MAIS ABAIXO: 

Vídeo: Esposa marca encontro com amante do marido e dá surra de chicote na mulher

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *