Santa Catarina tem quase 7 mil vagas abertas pelo Sine | TN Sul

0

Santa Catarina tem 6.950 vagas de emprego disponíveis pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine/SC). As ofertas estão disponíveis em todas as regiões e englobam como pré-requisito desde nível fundamental a superior. Destas vagas, 308 são para pessoas com deficiência (PcD).

“Temos pleno emprego em nosso estado e estamos trabalhando para continuarmos acima da média nacional. Nosso papel é trabalhar para fazer a economia girar, por isso investimentos em setores estratégicos, que impulsionam nosso crescimento”, destaca o governador Jorginho Mello.

“O setor de serviços é o maior motor da economia e tem bastante espaço para crescer. O Governo de Santa Catarina trabalha com ações que geram mais oportunidades e movimentam a economia do estado. O Sine tem esse papel fundamental de ser a ponte entre quem busca uma oportunidade e as empresas que oferecem vagas”, afirma o secretário da Indústria, do Comércio e do Serviço, Silvio Dreveck.

Como se candidatar
Os candidatos devem procurar uma das mais de 140 unidades do Sine. Para realizar o cadastro pessoalmente, é necessário apresentar documentos pessoais, como RG, CPF e carteira de trabalho.

Outra possibilidade é o acompanhamento das vagas via aplicativo do Governo Federal Sine Fácil, que pode ser baixado no smartphone ou tablet. Lá, o trabalhador poderá conferir as oportunidades de emprego, candidatar-se a uma vaga e também dar entrada no seguro-desemprego. As mesmas funcionalidades também estão disponíveis no portal Emprega Brasil.

O diretor de Emprego e Renda da Secretaria da Indústria, do Comércio e do Serviço (Sicos), Carlos Alberto Arns Filho, reforça a importância do Sine na intermediação entre empresas e candidatos e destaca o uso do aplicativo. “O aplicativo cruza o perfil das vagas com o dos trabalhadores cadastrados e envia uma notificação para quem for compatível com a vaga. Por isso, é importante que as pessoas preencham todas as informações solicitadas e sempre as mantenham atualizadas. Ao baixar o aplicativo, o trabalhador preenche um currículo com todas as informações que pedimos nas unidades”, informa Arns.

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.