SC já registra 67 municípios com ocorrências devido as chuvas | TN Sul

0

Santa Catarina tem 67 municípios com registro de ocorrências relacionadas às chuvas. De acordo com relatório da Defesa Civil, divulgado no fim da manhã desta sexta-feira, 6, o número de cidades que emitiram o pedido de decreto de situação de emergência subiu para 21. O estado tem confirmada uma morte em decorrência do evento climático. Estão a campo, em atendimento à população, equipes municipais da Defesa Civil, com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Assistência Social e demais estruturas do Governo do Estado.

Entre as principais ocorrências registradas nos municípios, estão chuvas intensas, alagamentos, deslizamentos e granizo que atingiram residências, estradas e centros urbanos em diversas regiões do Estado.

Situação de emergência

Subiu para 21 o número de municípios que emitiram o pedido de decreto de situação de emergência no estado. São eles: Jaborá, Rio do Sul, Aurora, Rio do Oeste, Laurentino, Rio Negrinho, Campo Alegre, São Bento do Sul, Ibiam, Campos Novos, Frei Rogério, Monte Carlo, Brunópolis, Curitibanos, Corupá, Presidente Getúlio, Itaiópolis, Canoinhas, Papanduva, Mafra e Erval Velho.

A Defesa Civil enviou itens de assistência humanitária aos municípios de São Bento do Sul, Erval Velho, Canoinhas e Aurora. Foram distribuídos kits de higiene, limpeza e colchões, além de telhas e cumeeiras.

Atendimentos do Corpo de Bombeiros Militar

Até o momento, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) atendeu a 136 ocorrências relacionadas com o evento climático no estado.

Acionamento de equipes especializadas

Foram acionadas duas equipes de Forças-Tarefa (FT), 10 e 14, dos batalhões de São José e Xanxerê, especialistas em Busca e Resgate em Inundações e Enxurradas (BRIE), para reforço nos atendimentos em Rio do Sul. Além disso, o Batalhão de Operações Aéreas manterá o helicóptero Arcanjo 03 na região de Rio do Sul para suporte e o helicóptero Arcanjo 01 estará em Blumenau, reforçando as equipes na região do Vale do Itajaí.

As outras 13 FTs e o Batalhão de Ajuda Humanitária (BAjH) da corporação estão em estado de sobreaviso, garantindo agilidade no acionamento, quando necessário.

Previsão do tempo para os próximos dias

Em Nota Meteorológica conjunta, Epagri/Ciram e Defesa Civil de Santa Catarina apontam a previsão do tempo para o estado, com a intensificação da chuva nos próximos dias, com temporais e chuva volumosa, que intercalam com breves períodos de melhoria. 

A partir da tarde desta sexta-feira (06), há condição para temporais acompanhados de chuva intensa, com raios, rajadas de vento e granizo em todas as regiões de Santa Catarina, mas principalmente do centro ao leste do estado. Já no Litoral Sul e regiões de divisa com o Rio Grande do Sul, a chuva ocorre de forma persistente entre a tarde e a noite. Os totais médios de chuva variam de 20 a 30 mm em boa parte do estado e chegam a 50 mm no Litoral Sul. O risco é alto para ocorrências associadas aos temporais com raios, rajadas de vento e granizo.

No sábado (07), a instabilidade se intensifica entre o Grande Oeste, Planalto Sul e Litoral Sul, com totais mais elevados nas áreas próximas ao RS, variando de 50 a 100 mm, podendo superar estes valores especialmente no Litoral Sul. Persiste o risco alto de temporais acompanhados de chuva intensa, com raios, rajadas de vento e granizo.

No domingo (08), a chuva se espalha para todas as regiões catarinenses e, neste dia, são esperados acumulados entre 70 mm e 100 mm, com pontuais em torno de 150 mm, especialmente do centro ao leste do estado. O risco é alto a muito alto para ocorrências associadas a chuva volumosa, como alagamentos, deslizamentos, enxurradas e inundações graduais entre a sexta (06) e o domingo (08).

No início da próxima semana (09 e 10 de outubro) a chuva diminui no estado.  

Situação Hidrológica

As chuvas intensas que atingiram o estado de Santa Catarina durante a última terça e quarta-feira resultaram em enxurradas, alagamentos e inundações em diversos lugares do estado. Os municípios mais prejudicados estão localizados nas regiões do Vale do Itajaí, Planalto Norte, Meio e Extremo Oeste e em áreas de divisa com o Rio Grande do Sul. Ao longo da quinta-feira e madrugada desta sexta, os rios apresentaram recessão, mas em muitos pontos ainda em níveis de alerta.

Durante os próximos dias, está prevista uma quantidade significativa de chuva, com risco alto para alagamentos, enxurradas e inundações. A seguir, estão destacadas as principais áreas que apresentam riscos associados ao evento.

Litoral Sul: Risco alto para enxurradas, alagamentos e inundações graduais a partir da tarde de sexta-feira se estendendo para o final de semana nas Bacias Hidrográficas dos Rios Mampituba, Araranguá, Urussanga e Tubarão.

Vale do Itajaí: Risco muito alto para enxurradas e alagamentos a partir da tarde de sexta-feira, com aumento gradual nos níveis dos rios durante o final de semana, onde segundo os modelos hidrológicos, pode alcançar entre 10 a 11 metros no município de Rio do Sul, e 10 a 12 metros em Blumenau.  

Extremo Oeste, Oeste e Meio Oeste: Risco alto para enxurradas, alagamentos e inundações entre noite de sexta e sábado, podendo atingir níveis de emergência no final de semana nas Bacias do Peperi-Guaçu e Antas. Já na Bacia do Rio do Peixe os rios podem atingir níveis de alerta.

Grande Florianópolis: Os níveis dos rios nas Bacias dos Rios Tijucas e Cubatão sobem ao longo do final de semana, podendo atingir níveis de alerta, entre o domingo e segunda-feira.

*Via Governo do Estado de Santa Catarina

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.