Unesc celebra as mulheres na ciência na 14ª Semana de Ciência e Tecnologia | TN Sul

0

Criciúma

A 14ª edição da Semana de Ciência e Tecnologia (SCT) da Unesc, considerado o maior evento científico institucional da Universidade, encerrou com uma emocionante cerimônia de entrega do Prêmio Mulheres na Ciência, no Auditório Ruy Hulse.

O Prêmio, para a reitora Luciane Bisognin Ceretta, foi concebido com o objetivo de reconhecer e valorizar o protagonismo das mulheres cientistas em várias esferas, incluindo professoras e pesquisadoras da Unesc, além de bolsistas de iniciação científica da instituição, com o intuito de honrar a notável produção científica realizada por mulheres em diversas áreas do conhecimento.

A cerimônia de premiação abarcou as categorias Plena, Intermediária e Iniciante homenageando um total de 18 professoras e estudantes da Universidade. Todas receberam menção honrosa. Já as terceiras, segundas e primeiras colocadas de cada categoria ainda levaram para casa placa e voucher para a participação congressos nacionais, estaduais e regionais, fortalecendo ainda mais o compromisso da Unesc com a promoção da pesquisa e igualdade de gênero na ciência.

“Destacar o que tantas mulheres realizam em pesquisa e na produção de conhecimento é um passo fundamental para que outras mulheres se identifiquem como parte desse meio e valorizem o papel que desempenham”, observou a reitora.

Segundo a gestora, que também é uma reconhecida cientista em âmbito nacional, a sociedade científica que valoriza e reconhece as contribuições das mulheres não deve jamais ser vista como uma meritocracia, que premia apenas aqueles que pesquisam mais ou melhor, nem menospreza o esforço de outras. Ela deve ser uma celebração das mulheres corajosas, desafiadoras, independentemente da idade ou da experiência, que trabalham incansavelmente para criar visibilidade em áreas muitas vezes marcadas pelo silenciamento.

“Historicamente, as mulheres na ciência sempre estiveram presentes, embora muitas vezes tenham sido relegadas a papeis secundários e seus nomes raramente apareciam nas publicações, apesar de suas contribuições significativas em diversas áreas do conhecimento. Este é o momento de reconhecer que sempre é o momento certo para começar. A pesquisa não é uma jornada solitária, é um esforço coletivo. Devemos criar referências e focar na igualdade de gênero em todos os espaços, incluindo o campo da ciência”, analisou.

“Para todas vocês que estão sendo reconhecidas, saibam que o que fazem em suas respectivas áreas de conhecimento é significativo apenas se os resultados ajudarem a melhorar a vida das pessoas. É possível realizar pesquisas de alta qualidade com esse propósito em mente. Portanto, convido a todos a defender a ciência e a trabalhar juntos na criação de espaços diversificados que melhorem a qualidade de vida de todos”, complementou Luciane.

Compartilhando 

A pró-reitora de Ensino, Pesquisa, Pós-Graduação, Inovação e Extensão da Unesc, Gisele Coelho Lopes, destacou que o evento proporcionou horas de compartilhamento e aprendizado, culminando na premiação e reconhecimento do lugar das mulheres na ciência, um espaço de grande significado. “Ao valorizar a ciência, estamos efetivamente dando o primeiro passo em direção à inclusão das mulheres em posições de respeito e reconhecimento”, descreveu.

Gisele ainda comentou que a SCT foi um evento grandioso, repleto de conteúdos alinhados com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e com a participação de profissionais de altíssimo nível. 

“Durante cinco dias, esses especialistas se dispuseram a compartilhar seus conhecimentos. Isso representa, para nossa universidade, o cumprimento do nosso papel, uma vez que a ciência e a tecnologia desempenham um papel crucial na formação dos acadêmicos”, frisou.

O presidente da Comissão Organizadora da SCT, Rodrigo Machado, enfatizou que o evento alcançou com sucesso a promoção de debates significativos. Ele descreveu como um momento de intensa troca de ideias entre pesquisadores de diversas regiões do país, acadêmicos e destacou, especialmente, os debates relevantes, como o papel das mulheres na ciência.

Premiação

Ao todo, 18 mulheres receberam a premiação que foi entregue na tarde desta sexta-feira (27/10), na Unesc. A professora pesquisadora Sabrina Arcaro alcançou o primeiro lugar na categoria Plena, na área de Ciências, Engenharias e Tecnologias. Com emoção visível em seu rosto, ela enfatizou que este prêmio é um merecido reconhecimento por todo o trabalho que tem dedicado. Em um gesto de generosidade, Sabrina dedicou o prêmio a todos os seus alunos, valorizando a importância do ensino e orientação na pesquisa científica.

“Essa iniciativa é de extrema importância, pois incentiva as mulheres cientistas. Eu vejo essa profissão como altamente prestigiosa, mas, como em qualquer carreira, enfrentamos muitas dificuldades. Momentos como este nos motivam e nos lembram que estamos no caminho certo”, afirmou a professora Gislaine Zilli Réus, que conquistou o primeiro lugar na categoria Plena, área de conhecimento Ciências da Saúde.

A professora Michele Gonçalves Cardoso ficou feliz com o momento e também parabenizou a iniciativa. Reconhecer o valor dessas pesquisadoras e de suas pesquisas é uma maneira de disseminar o conhecimento. Que este prêmio sirva como motivação para fortalecer ainda mais as pesquisadoras da Universidade e do Brasil”, comentou ela, que ficou em primeiro lugar do Prêmio Mulheres na Ciência Unesc, na categoria Plena, área de conhecimento Humanidades, Ciências e Educação.

A segunda edição do Prêmio Mulheres na Ciência já tem o período de inscrição definido. Ocorrerá entre 30 de novembro de 2023 e 7 de fevereiro de 2024. A cerimônia de premiação está programada para o dia 8 de março de 2024, no Dia Internacional da Mulher.

Resultados

Categoria Plena (titulação de doutoras)

1º lugar – área de conhecimento Ciências, Engenharias e Tecnologias – Sabrina Arcaro;

1º lugar – área de conhecimento Humanidades, Ciências e Educação – Michele Gonçalves Cardoso;

1º lugar – área de conhecimento Ciências da Saúde – Gislaine Zilli Réus;

2º lugar – área de conhecimento Humanidades, Ciências e Educação – Vanilde Citadin Zanette;

2º lugar – área de conhecimento Ciências da Saúde – Carolini Mendes;

3º lugar – área de conhecimento Humanidades, Ciências e Educação – Aurélia Regina de Souza Honorato;

3º lugar – área de conhecimento Ciências da Saúde- Louyse Sulzbach Damázio.

Categoria Intermediário (titulação de mestras)

1º lugar – área de conhecimento Ciências Sociais Aplicadas – Andréia Cittadin;

1º lugar – área de conhecimento Ciências da Saúde- Eduarda Behenck Medeiros;

2º lugar – área de conhecimento Ciências da Saúde- Maiara de Aguiar da Costa;

3º lugar – área de conhecimento Ciências da Saúde- Vitória Oliveira Silva da Silva.

Categoria Iniciante (comunidade acadêmica)

1º lugar – área de conhecimento Ciências, Engenharias e Tecnologias – Renata Bochanoski da Costa;

1º lugar – área de conhecimento Ciências da Saúde- Maria Luísa Machado Laureano;

2º lugar – área de conhecimento Ciências da Saúde – Adrielly Vargas Lidio;

3º lugar – área de conhecimento Ciências da Saúde – Aline Vitoreti Prudencio de Vargas Machado.

Gestão Superior homenageia equipes responsáveis pela organização da STC 

Os dias transcorreram intensamente, marcados pela produção de conteúdos voltados à ciência, tecnologia e inovação, tendo como foco a disseminação do conhecimento. Assim se desenhou a 14ª edição da Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc, culminando nesta sexta-feira (27/10), na Universidade, com uma homenagem da reitoria a todos que desempenharam papeis fundamentais no maior evento acadêmico institucional da Unesc, no Auditório Ruy Hulse.

Sob o lema “Ciências Básicas para o Desenvolvimento Sustentável”, este ano o evento contou uma vasta programação com mais de 130 atividades, abrangendo palestras, oficinas, minicursos e apresentações de pesquisas, projetos de extensão e relatos de experiências. Tais atividades transcorreram tanto de forma virtual quanto presencial, abrangendo o campus da instituição em Criciúma e a unidade em Araranguá.

A Semana de Ciência e Tecnologia se fez presente em todos os espaços do campus. Além das sessões práticas, palestras e minicursos, foram apresentados ao público mais de 700 trabalhos confeccionados por docentes e discentes ao longo dos cinco dias de atividades.

Para marcar este grande feito, as pessoas envolvidas na organização foram agraciadas com homenagens e sinceros agradecimentos por sua dedicação durante o evento que teve início na segunda-feira (23/10).

Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.